Descrição

A levada de Carrazedo é um canal com cerca de 1 km que leva água de um pequeno afluente da ribeira da Alombada para um regadio sobranceiro a esta ribeira, não muito longe da localidade de Carrazedo. A pouca distância de uma autoestrada e de um parque industrial, a ribeira da Alombada e a levada de Carrazedo são um surpreendente oásis de vida selvagem. O caminho junto à levada é sulcado de folhosas e convida a um passeio pautado pelo som da água, nos dias quentes de verão. A Alombada é um afluente do Vouga que nasce na serra do Ladário e, no seu percurso de mais de 15 km, percorre um desnível superior a 550 metros, o que fornece a força necessária para fazer mover moinhos e pisões que podem ser visitados através do Trilho dos Moinhos (PR 9). Mesmo ao lado da carreira de moinhos, uma pequena queda de água origina uma piscina natural de água cristalina enquadrada por uma galeria ripícola bem conservada.

Património Cultural

O aproveitamento ancestral da ribeira da Alombada reflete-se nas numerosas levadas, pontes, moinhos e pisões que aqui podem ser observados. As levadas conduzem água para regadios e para fazer mover os raros moinhos que aqui se encontram em atividade. A carreira de três moinhos, mesmo a jusante da queda de água, demonstra grande engenho no aproveitamento de uma única levada captada mais acima, junto a um pisão em estado de ruína. Mais abaixo, se enveredarmos pelo Trilho dos Moinhos, podemos contemplar uma bela levada, vários moinhos e uma ponte, testemunhos dos tempos em que o Homem tirava o seu sustento do rio.

Castanheiro
Lameirinha
Levada de Carrazeda
Carreira de moinhos

Património Natural

Os matos húmidos, com tojo e lameirinha, formam pequenas sebes perto de levadas e linhas de água; a libelinha gaiteiro-azul e a libélula-anelada são características desta ribeira, enquanto a libélula macrómia pode, ocasionalmente, aqui ser observada. A galeria ripícola bem constituída é habitat de espécies como o hipericão-do-gerês, a erva-pombinha e as esporas-bravas.As borboletas antiopa e apatura-pequena podem aqui ser avistadas e, na floresta de caducifólias com carvalhos e castanheiros, o pica-pau-malhado-grande e a salamandra-de-pintas-amarelas são indicadores da sua maturidade. Na queda de água e nos rápidos podemos observar o melro-de-água, pequena ave que vive nos rios de montanha.

Levada de Carrazeda
Salamandra-de-pintas-amarelas
Levada de moinho
Queda de água de Carrazeda
Ponte antiga