LINHA C

Caima

O rio Caima nasce na Freita, e despenha-se a mais de 70 metros de altura na Frecha da Mizarela (C7), considerada a maior cascata de Portugal continental. É também no Caima que podemos descobrir levadas misteriosas (C3 – Levada de Santa Cruz) e imensos bosques de azevinho (C5 – Moinhos do Rão). Caminhos ancestrais que ligavam as aldeias serranas (C6 – Ponte de Paço de Mato) e praias fluviais (C2 – Praia Fluvial de Burgães) permitem usufruir do rio Caima e das florestas que o abraçam. A cascata da Fílveda (C1), que se despenha do alto dos seus 25 metros, completa na perfeição esta linha, constituindo-se como uma das mais belas cascatas da RAP.