Descrição

O vale de fratura do Bestança situa-se numa região cuja geomorfologia foi fortemente condicionada pela tectónica varisca, responsável pela formação de diversas falhas no território das Montanhas Mágicas®. A falha tectónica do vale de fratura do Bestança é de tal dimensão que condicionou a orientação deste vale, e chegou mesmo a mudar a trajetória do rio Douro nas suas imediações. Nascendo perto das portas do Montemuro, o rio Bestança segue quase em linha reta até ao Douro durante cerca de 12 km, aproveitando a falha no maciço granítico do Montemuro. Este fantástico vale criado pela natureza foi moldado pelo homem durante séculos, desenhando uma paisagem de grande beleza, com uma biodiversidade notável e de elevado valor cultural. Espécies como a borboleta apatura-pequena, a salamandra-lusitânica, a toupeira-de-água, o lagarto-de-água ou a língua-cervina abundam no vale do Bestança.

Apatura-pequena
Vale de fratura do rio Bestança
Saxifraga-dourada
Lagarto-de-água